Como funciona um consórcio de caminhões?

Independentemente de qual seja o desejo — comprar uma casa, uma moto ou pagar uma viagem —, os brasileiros têm enfrentado grandes dificuldades para conseguir crédito nos bancos. O atual momento do país atingiu todos os setores da economia e, obviamente, os caminhoneiros não ficaram de fora.

As altas taxas de juros cobradas pelas instituições bancárias para empréstimos ou financiamentos têm inviabilizado a troca ou a aquisição de novas máquinas. Contudo, existe uma solução para esse problema! A solução se chama consórcio de caminhões. Uma forma menos burocrática, mais econômica, que possui taxas bem menores que as praticadas pelos bancos, além de ser uma operação extremamente segura.

Então, veja a seguir como funciona um consórcio de caminhões e entenda como é possível adquirir uma nova máquina, mesmo em tempos difíceis. Aperte os cintos e prepare-se para dirigir um caminhão novo!

Como funciona o consórcio de caminhões

O consórcio dessas máquinas é realizado da mesma forma e com as mesmas regras que os consórcios de carros ou motos. Os participantes do CL Consórcios participam de uma assembleia mensal que pode ser acompanhada através do site.

Para contratar um consórcio, basta acessar o site para maiores informações, ou entrar em contato com a empresa para gerenciar todo o processo. A empresa será responsável pelo valor da carta de crédito e pela definição de quantas parcelas são interessantes para cada cliente. No CL Consórcios todos os grupos são de 110 meses.

Ao aderir, o cliente concorrerá mensalmente junto com os demais integrantes do consórcio às cartas de crédito. As duas formas de ser contemplado com o caminhão novo são: por meio de sorteios ou por lances — e a oferta mínima para o lance é de 10% do valor do caminhão.

Indicamos esta leitura: O que considerar antes de fazer um consórcio de caminhão?

A escolha do caminhão

Decidir qual será a máquina é uma escolha que pertence ao cliente, e não à empresa administradora, ou seja, o caminhão disponível não é imposto pela empresa. Portanto, quando decidir, não deixe de levar em consideração alguns aspectos, como marca de qualidade, modelo adequado às suas necessidades, preço compatível com o seu bolso e os detalhes técnicos — consumo de combustível, capacidade de carga, itens de segurança etc.

A escolha do modelo é uma decisão muito importante e que pode evitar problemas futuros. Por isso indicamos que seja feita uma pesquisa minuciosa dos modelos. Procure conhecer melhor cada um, para depois decidir qual será o caminhão.

Documentos necessários

Assim como qualquer outro tipo de negócio, o consórcio exige do cliente alguns documentos para a sua adesão. O futuro associado deve apresentar à empresa administradora sua carteira de identidade e CPF juntamente com a proposta de adesão devidamente preenchida.

Diferentemente do que muitos pensam, não é necessário apresentar a carteira de motorista, pois nem sempre o dono do caminhão será o motorista. Ao ser contemplado o cliente precisa preencher vários documentos a fim de comprovar sua idoneidade financeira e jurídica.

Dicas para fazer um consócio

Antes de entrar em qualquer consórcio, pesquise bastante. Compare ofertas, prazos e todas as taxas cobradas pelas administradoras. É muito importante não deixar de acessar o site do Banco Central e verificar se a empresa é autorizada a comercializar as cotas.

No momento de fechar o contrato, leia com bastante atenção todas as cláusulas. Em caso de dúvidas, faça perguntas e peça esclarecimentos. É fundamental entrar no consórcio conhecendo todas as informações. E, por último, não deixe de verificar as multas e penalidades. Lembre-se de que o cliente devedor não pode participar dos lances ou sorteios.

Entendeu como funciona um consórcio de caminhão? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro de muito mais dicas, novidades e informações para ajudá-lo diariamente!

iNTERESSADO? FALE CONOSCO E TIRE TODAS AS SUAS DÚVIDAS